Você está em Home - Disciplina Positiva

O que é disciplina positiva?

Disciplina Positiva é uma abordagem educacional desenvolvida pela Dra Jane Nelsen, terapeuta familiar americana, mãe de 7 filhos e avó de 18 netos, baseada no trabalho dos psicólogos Alfred Adler e Rudolf Dreikurs. Hoje está presente em mais de 60 países graças às suas obras com diversos co-autores que se juntaram a ela nessa tarefa de transformar a educação. Ainda hoje, a Dra Jane trabalha ativamente na Califórnia, é autora de mais de 20 livros sobre desenvolvimento infantil e criadora da Associação Americana de Disciplina Positiva.

Orientada para o desenvolvimento de relações mutuamente respeitosas, a Disciplina Positiva parte do pressuposto que as crianças e adolescentes aprendem disciplina quando ensinadas com gentileza e firmeza ao mesmo tempo, sem punições, recompensas ou castigos.

Porém, não pense na Disciplina Positiva como uma série de passos ou técnicas, mas como uma filosofia, um convite para enxergar de maneira diferente a relação entre pais e filhos, professores e alunos etc.

Conceitos fundamentais

1

Respeito mútuo

Adultos modelam firmeza e gentileza para as crianças. Firmeza significa o exercício do respeito a si mesmo e às necessidades de cada situação; gentileza significa respeito às necessidades da criança.

2

Identificação das crenças por trás dos comportamentos

A disciplina eficaz reconhece as razões porque as crianças agem de determinada maneira e trabalha para modificar estas crenças, ao invés de tentar mudar apenas o comportamento.

3

Comunicação eficaz e as habilidades para resolver problemas

Foco na disciplina que ensina (e que não é permissiva nem punitiva). Tratar a criança com respeito e oferecer-lhe limites não significa ser rude ou agressivo. Gentileza não significa falta de firmeza; significa que a sua firmeza não fere a criança.

4

Foco na solução ao invés da punição

Foco na disciplina que ensina (e que não é permissiva nem punitiva). Tratar a criança com respeito e oferecer-lhe limites não significa ser rude ou agressivo. Gentileza não significa falta de firmeza; significa que a sua firmeza não fere a criança.

5

Encorajamento

O encorajamento reconhece o esforço e o progresso, não apenas o sucesso. Fortalece o ser e constrói, no longo prazo, a autoestima.